setembro 05, 2011

Casca



Eu não sei o que fazer comigo mesma. Apenas não sei o que fazer comigo mesma.

Eu sou essa casca. Essa ambulante casca.
Estrutura rachada, cheia de emendas. Apenas uma casca, tentando sobreviver.

Não me importo se isso é importante ou não.

2 comentários:

André Walker disse...

Tive a impressão de que andava sumida daqui!!!

Paulo Paz disse...

nada é importante quando se tem a morte pela frente, tem frases em suas postagens que são belas provocações, "Eu sou essa casca. Essa ambulante casca.
Estrutura rachada, cheia de emendas. Apenas uma casca, tentando sobreviver."

http://paulosergioembuscadotempoperdido.blogspot.com/