fevereiro 27, 2011

Máscara

Chega de máscaras
Mas não!
Como tirar a máscara
Como retirar a mágoa
Como resistir
Arranca fora essa casca
Que se formou em mim

Liberdade
É só o que eu quero
Eu só quero ser livre
Eu quero pensar
Eu quero flutuar livremente
em meus pensamentos

Retiro a máscara
e talvez eu não seja
a mais bela
ou a mais delicada
Nem uma pérola
Talvez uma rocha
Rocha bruta.
É isso que eu sou
Mas eu tiro minha máscara!

Eu a tiro de mim.
E vou conquistar o meu sono
Eu vou sonhar do meu jeito
Eu vou viver o que acredito
Porque não sou igual
Nem nunca serei.

Agora eu sou eu sem a máscara,
e não a máscara sem mim.

13 comentários:

Prof Raphael disse...

Profunda poesia!!!
As máscaras que toda sociedade carrega, quantas e quantas máscaras sociais encontramos todos os dias...Achei muito bacana o contraponto das máscaras[algo onde escondemos realidades] com a própria liberdade!
Será que temos a liberdade, ou vivemos amarrados nessas máscaras sociais?
Eu parei para pensar...
bjsss Stephanie!

Lorde Croowel disse...

As suas palavras ficarm incríveis. Oh, se todas as pessoas fossem livres de máscaras...o mundo seria mais verdadeiro. Acho que uma das virtudes que todo ser humano deveria ter, era a sinceridade, o comprometimento com a verdade. Estar livre de máscaras é de certa forma conquistar a liberdade que vc descreveu. Bjus.

Jim Carbonera disse...

mandou bem no poema!

Acho q essa mascara que tentamos tirar uma vez na vida! Seja a mascara da falsidade, da desilução, da tristeza, etc.

Nossa sociedade é uma sociedade mascarada, e vc descreveu bem isso!

to seguindo,

Bjss

http://www.estilodistinto.com/

Humor Negro sem Censura disse...

Lindo o teu poema! *-*
Muito Intenso!

Obrigada pela visita ao Humor Negro, adorei o teu espaço e já estou a te seguir!

Abraços e Ótima Semana =*

Merlaine Garcês disse...

Muito obrigada pela visita gata!
Seguindo-te também!
Bjs!

Rubi disse...

Como disseram, extremamente profunda, creio eu que você escreveu por muitas pessoas.

Acho que todos nós temos máscara, o que não podemos é trocá-las pelo que somo de verdade.

Parabéns pela poesia.

หคтнყ disse...

Linda poesia!
Eu já tive tantas máscaras. Antes eu tinha medo de mostrar o quem realmente sou.
Mas hoje!
SOU o que sou, e não mudo por ninguém
u.u rs
lindo seu blog!
Estou seguindo²

Bjo

Rubi disse...

Espero que você tenha gostado do post da Nina *-*

E confesso, foi bem difícil encontar informações dela. Mas se você gostar, vai valer a pena tanto esforço!

André Walker disse...

gosto do jeito que você escreve xD

Sim, é minha "marca" de camisetas ^^
quer uma? mandamos pelo correio ^^

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Sr. Lunático disse...

"Liberdade
É só o que eu quero
Eu só quero ser livre
Eu quero pensar
Eu quero flutuar livremente
em meus pensamentos" - Foi lindo, uma obra de arte.

Viviane Moraes disse...

A poesia é linda e seu blog então nem se fala, gostei daqui, seguindo te.

Bjs *-*
Fica com Deus.

ღ Sensitivity ღ disse...

É uma coragem muito grande tirar a máscara contruída pelos golpes da vida e mostrar a verdadeira face. Adorei esse texto reflexivo. Beijinhos e uma linda sexta.